Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Governo do Ceará participa do Brazil Windpower, maior evento de energia eólica da América Latina
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Governo do Ceará participa do Brazil Windpower, maior evento de energia eólica da América Latina
Seg, 28 de Agosto de 2017 14:41

Detentor de potencial excepcional para a geração de energia eólica, com ventos constantes, alto índice de aproveitamento e boa distribuição geográfica, o Estado do Ceará participará do maior evento do setor da América Latina. O Brazil Windpower - Conferência e Exposição acontece nos dias 29 a 31 de agosto, no Rio de Janeiro, e contará com um estande da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), além de uma palestra ministrada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará (SDE), em parceria com Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Uma estrutura de 36 metros quadrados (m²) da Adece, vinculada à SDE, estará disponível no evento com o objetivo de receber empresas do setor e prefeituras cearenses para encontros produtivos e geração de negócios. O espaço contará ainda com uma comitiva do Governo formada por técnicos do Sistema de Desenvolvimento Econômico do Estado trabalhando na atração de investimentos para o Estado. Também estarão presentes o titular da SDE, Cesar Ribeiro, a presidente da Adece, Nicolle Barbosa, e a diretora da Cearáportos, Rebeca Oliveira.

O ambiente de atração de investimentos, os diferenciais competitivos, assim como o potencial eólico atualizado do Estado do Ceará serão explanados para os presentes no evento durante o workshop "Novos Ventos do Ceará", proferido pelo secretário Cesar Ribeiro e pelo coordenador do Núcleo de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Joaquim Rolim. A palestra acontecerá no primeiro dia do evento, às 13 horas.

O secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, Cesar Ribeiro, destacou que o Ceará, pioneiro no desenvolvimento da energia eólica no País, não poderia ficar de fora do maior evento da modalidade na América Latina. "Nesse workshop no Brazil Windpower, o Governo do Ceará e o Núcleo de Energia da FIEC vão mostrar todo o potencial do Estado para as grandes empresas e investidores da área de energia eólica.  Além de uma cadeia produtiva organizada que pode fornecer todo o suporte à vinda de novos empreendimentos, o Ceará possui, desde 2005, um programa chamado Proeólica, que estabelece uma política de incentivos fiscais para fazer atração de investimentos na área da energia eólica", afirma.

O Proeólica está em processo de ampliação para contemplar empreendimentos na área de energias renováveis de uma forma geral. O programa promove a desoneração do ICMS incidente nas importações e produção no Estado de máquinas, equipamentos, partes e peças utilizados na indústria de fabricação de equipamentos de energia eólicos e fotovoltaicos.

A presidente da Adece, Nicolle Barbosa, destaca o apoio empenhado pelo governador Camilo Santana para a retomada da liderança na geração de energias renováveis no País. "Esse é o terceiro ano que participamos como Governo do Ceará no Windpower. Somos pioneiros no setor de energia eólica e, por muitos anos, ocupamos a liderança. Não estamos medindo esforços para retomar o topo do ranking. Para isso, desde que cheguei, apoiamos o trabalho da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Energias Renováveis do Estado do Ceará (CS Renováveis), que funciona no âmbito da Adece. A pedido do setor, estamos em processo de licitação para a elaboração de dois estudos importantes para a atração de investimentos no setor. Um será o balanço energético do Ceará e o outro fará o levantamento da infraestrutura elétrica do Estado. Esse setor é uma prioridade para o governador Camilo que aprovou recursos na última reunião do Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP) para o Atlas Híbrido Eólico e Solar, pioneiro no País. Um convênio será firmado com a FIEC", adianta Nicolle.

Potencial no CE

O Ceará descobriu a vocação para gerar energia através dos ventos no final da década de 90 e se tornou pioneiro no estímulo a geração de energia eólica no Brasil. Com a implantação dos primeiros parques comerciais, foi líder em capacidade instalada e em produção desse tipo de energia.

O potencial de eficiência do vento para geração de energia no Ceará supera a média mundial e a do próprio País. O Estado possui um fator de capacidade médio de 47,6%, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), enquanto o Brasil fica com 40,7% e o mundo com 25%. Esse indicador demonstra a capacidade de geração de energia em função da potência instalada e do período de operação.

Hoje, a energia eólica é a segunda principal fonte energética do Ceará, com potência instalada de 1.652 MW, perdendo apenas para a geração termelétrica, que é de 2.152 MW. São 61 parques eólicos em funcionamento e 22 em construção. Os empreendimentos estão localizados no litoral e na região serrana. No Brasil, o Ceará está entre os cinco principais geradores de energia a partir do vento, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Brazil Windpower

Oportunidade de networking e negócios no segmento de energia solar, o evento promete debater o crescimento da matriz energética brasileira, enquanto os principais players nacionais e internacionais estarão presentes na feira de negócios, que reunirá fornecedores de toda a cadeia. Na última edição, mais de 2.800 participantes presenciaram o evento.

Última atualização em Seg, 28 de Agosto de 2017 17:04
 

Calendário

Outubro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4